segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Revisitando o desapego dos cosméticos

Mais de um ano atrás, eu refleti e contei aqui sobre a minha relação com os cosméticos. Desde então, fui fazendo o que contei naquele post:

1. Diagnóstico. Fiz agora de novo. Conto abaixo.

2. Doei um tanto de perfumes e hidratantes, que é o que eu menos uso. Além das doações, ainda troquei alguns por outras coisas que eu uso mais, como roupas.

3. Usei o que estava pela metade até chegar atualmente a ter apenas um exemplar de cada coisa aberto (exceção: perfumes).

4. Não guardo mais nada para uma ocasião especial. Isso me ajudou ainda a perceber que tinha muita coisa que eu, na verdade, nem gosto de usar.

5. Sobre comprar mais coisas, fui até no meu controle financeiro para checar. De um ano para cá, de cosméticos, eu só comprei shampoo, condicionador e desodorante.

Mesmo assim, quando fui fazer o inventário, fiquei desapontada de ver que ainda tenho mais do que o essencial.

O tanto de coisa que eu tinha em 2012.
O tanto que eu tenho agora, que ainda é muito.
O que eu ainda tenho a mais:
  • Perfume. Ainda tenho 4. Todos pela metade.
  • Sabonete. Eu ganhei uma caixinha com 6 do meu irmão (esses amarelos, que eu já usei 2 e adoro). O lado bom é que sabonete eu uso sempre. Então está ótimo.
  • Produtos para o rosto. Tenho 4. O ideal é 2 (1 pra limpar e 1 máscara).
  • Hidratante. Ainda tenho 2 e 2 óleos. Meta: ficar só com 1.
  • Mousse. Quando eu fui pra Alemanha, eu comprei 3 (marca cara no Brasil e baratíssima lá). Só que não terminei nem o primeiro até hoje.
'bora doar mais algumas coisas.

26 comentários:

  1. O mais legal foi que no ultimo ano vc só comprou artigos essencias de reposição! =)

    Eu, de cabeça, diria que tenho ainda mais perfumes do que vc, bem mais sabonetes ( presentes, mesmo tendo doado muitos...), menos produtos para o rosto, hidratante e oleo em quantidade semelhante ou igual e mousse não tenho. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal mesmo. Fiquei feliz!

      De cabeça às vezes engana. Recomendo dar uma conferida geral de tempos em tempos. Hehe... Eu fui surpreendida, viu?

      Excluir
  2. Eu sou apaixonada por maquiagem e cuidados com a pele, e já comprei muita coisa por impulso e sem necessidade alguma, mas atualmente minha relação com o consumo desse tipo de produto está mudando bastante. Apesar de adorar saber das novidades e lançamentos, já não fico mais com aquela vontade de comprar e testar tudo.

    Também simplifiquei minha rotina de cuidados com a pele, confesso que tenho vários produtos, mas todos em uso de acordo com a frequência recomendada (esfoliante, por exemplo, uso de 15 em 15 dias).

    Quanto a maquiagem, risquei vários itens da minha wishlist (que já não era grande) e e focado muito mais em usar o que eu já tenho das mais diversas formas. Voltei também a pesquisar dupes de itens que desejo de marcas muito caras (para o meu bolso, claro), pois já não vejo mais tanto sentido em gastar a quantia de dinheiro que eu costumava gastar com maquiagem.

    Olhando para trás e vendo a forma como eu consumia, diria que eu era uma menina de 18 anos, com um cartão de crédito no bolso e prestes a usá-lo a qualquer momento, ainda continuo menina, mas com 19 e muito mais consciência na hora de consumir :P

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Renata! Que legal que você já evoluiu tanto. E tão nova! Ter essa consciência é muito bom para não virar vítima do consumo, não é?

      Eu gosto de produtos pro rosto, viu? Mas uso menos do que gostaria. O que eu uso sempre é esfoliante e sabonete líquido para lavar. O resto eu sempre esqueço ou fico com preguiça.

      Acho que a minha sorte para eu não ter mais coisa do que eu tenho é a minha pão-durice e preguiça. Hehe.. No final das contas foi bom pra mim.

      Parabéns e boa sorte ;)

      Beijo!

      Excluir
  3. Fernanda, eu posso trocar algumas coisas com vc se quiser; ainda tenho muitos produtos e pode ser que alguns te sejam úteis. Vou a BH mais pro fim do ano e posso levar e aí a gente evita pagar envio. Isso se vc quisrr de fato alguma coisa, claro. Bjo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Fazer trocas é excelente!

      Quando você vier, independentemente de trocar coisas, vamos combinar de encontrar pra gente bater papo. Meu e-mail: fernandamarinho@gmail.com

      Beijão!

      Excluir
  4. Ps - Posso te copiar descaradamente e fazer post semelhante se der na telha, com foto e tudo? Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro! Pode sim! Só coloca o link lá, sim sim?

      Excluir
  5. Parabéns! Essas reavaliações são essenciais. Gosto muito de posts com fotos "reais"! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de registrar com fotos também. Sempre que possível, eu coloco ;)
      Obrigadinha.
      Beijo!

      Excluir
  6. Apoio essa compra na Alemanha! Se o produto é bom e lá é bem mais em contra, acho que vale o estoque. Só precisa tomar cuidado com o prazo de validade...

    Eu tinha mania de comprar mil coisas diferentes pra pele oleosa, usar pela metade, não gostar (pq eu nunca vou gostar de nada enquanto eu não aceitar minha pele, e pq eu sou indisciplinada pra essas coisas) e comprar outra coisa. No último ano melhorei pra caramba, tenho bem menos coisas e gasto bem menos dinheiro. Mas ainda preciso ter disciplina pra usar o que tenho todos os dias direitinho. Tenho pegado firme... De duas semanas pra cá, rs. Vamos ver até quando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... Eu achei uma boa economia também e a data de validade é lá pra frente. Mas agora me incomodou pelo espaço ocupado. Vou observar por um tempo para ver se eu uso.

      Eu tenho exatamente o mesmo problema de não usar as coisas. Eu esqueço, fico com preguiça... Estou tentando usar mais já tem um tempo. Está melhor do que era antes, mas longe do ideal ainda. Talvez o melhor seja desapegar de uma vez, não é? Vou pensar ;)

      Excluir
  7. Hum... adoro cosméticos! É minha perdição! Acho que tenho mais ou menos a mesma quantidade que você, exceto perfumes, que eu não uso. Quanto a produtos para pele e cabelo, eu experimentava vários, daí alguns não davam certo e acabavam ficando encostados. Ultimamente não tenho feito isso. Encontrei alguns que gosto e fico utilizando aqueles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Andreia! Que legal que você encontrou esses que gosta e ficou com eles. Eu custei, mas encontrei uma linha de shampoos que deu certo com meu cabelo cacheado. Na foto anterior, de 2012, ainda tinha uns produtos pela metade que eu não gostava mais. Desses, eu consegui me livrar de todos. Bom demais, não?

      Excluir
  8. show de bola essa ideia de revisitar e refletir! :)

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho comprado só o que é realmente necessário (e infelizmente ainda gasto muito). Tenho a pele problemática desde adolescente, então uso ácidos, senão fico entupida de espinhas (já c/ quase 36!).
    É provável que tenha um pouco mais de coisas que vc, mas uso tudo e só compro outro quando o 1º acaba. Isso vale p/ todos cosméticos que tenho. Só tenho estoque de desodorante pq tenho pavor de ficar sem. hahahaah (mas são só 2 a mais).
    Perfume só tenho 2, e os dois estão em uso. Não faço coleção, em geral só compro outro que um acaba. E nem uso todo dia. Perfume nesse calorão dá dor de cabeça.
    Preciso fazer um desapego de roupas de frio, tenho algumas blusas que não uso mais e ficam lá entupindo o guarda-roupa.
    Muito legal esse post, nos faz refletir sobre esse problema de "estocar coisas" como se o mundo fosse acabar semana que vem.

    *Comentário nada a ver: ontem caminhando, tive que mudar de direção porque tinha 2 moças na minha frente com o perfume tão forte que não estava conseguindo respirar. Gente, precisa disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Dani! Pois é... Cada um tem suas necessidades. Eu tenho sorte de ter a pele tranquila de lidar, mas para o cabelo eu já tenho mais coisa: shampoo, condicionador, leave-in, máscara e mousse ativador de cachos. Uso todos.

      Eu nem sempre tenho uma coisa só de cada. Quando a coisa começa a chegar no fim, eu começo a olhar para repor, buscando alguma promoção. Mas é coisa rápida.

      Eu também tenho muitas roupas de frios, e muitos cachecóis, inclusive. Vou falar sobre isso em breve aqui. Obrigada pela ideia ;)

      Sobre o comentário: uma coisa que me irrita muito é gente que fica infestando o ambiente com perfume em excesso. E aquele povo que te abraça e você fica com o cheiro do perfume dele até tomar um banho? Um saco!

      Excluir
  10. Eu sempre faço esse balanço. Já cheguei à conclusão de que eu não gosto de ter muito trabalho então não adianta comprar mil produtos que eu vou usar de vez em nunca. Perfume eu doei a maioria que estavam encostados. O motivo é que os que eu realmente gostava já tinham acabado (pois gostava deles e os usava) e os que estavam encostados eu tinha ganhado e usei algumas vezes só pq estavam ali. Hj tenho apenas um perfume q eu gosto de verdade e pretendo usar até acabar e só então comprar outro. O único item que ainda tenho bastante são hidratantes, pois ganho muito. Mas como uso muito (por isso as pessoas me presenteiam, pq sabem q eu gosto) eu não pretendo me desfazer deles pq sei que vou usa-los antes da data de validade vencer.
    Eu tb adoro ganhar sabonetes pois são consumíveis, pouco perecíveis e um cheirinho bom sempre faz bem! :-)
    Faço coro sobre os posts com fotos reais, tb adoro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa, Iracema (que nome lindo!).

      Eu também adoro ganhar sabonetes por isso. Sobre os perfumes, eu acho que eu vou acabar doando também. Para você ter ideia, os meus dois mais chiques foram comprados em 2006. Tem outros Victoria's Secret que eu ganhei por aí também. E um que meu pai me deu. Fico com pena de doar, mas guardar pra quê se eu não uso, né?

      Que bom que vocês gostam das fotos! Vou procurar colocar mais :)

      Excluir
  11. Muito bom fazer esse levantamento. Estou no início de uma vida mais simples, já realizei vários destralhamentos, os quais foram muito importantes para que eu percebesse o quanto de papéis, produtos e objetos inúteis eu possuía. Atualmente estou apenas compondo produtos quando algum outro acaba. Estou feliz com isso! Percebo que, mesmo não sendo consumista, acabava comprando muita coisa sem necessidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Eu também não sou consumista, e sempre fui bem organizada, mas mesmo assim fui perceber que eu juntei tralha demais ao longo da vida. Agora estou, aos poucos, mudando isso. Boa sorte pra gente
      ;)

      Excluir
  12. Olha, comecei agora com essa filosofia minimalista porque vi que estava gastando muito com besteira e pensando nisso mais do que gostaria. Mês passado fui a Europa e comprei todas as bobagens que vi pela frente, não tenho nem onde por. O mais grave consiste na maquiagem. Tenho 4x o que consigo usar. Acho que estou sendo radical, mas acho que comprar para depois doar também e uma forma de desperdício, já que vc gastou tempo e dinheiro para ter aquilo para depois simplesmente dar de mão beijada. Então me propus a fazer o desapego sim, inclusive doando algumas coisas. Mas vou fazer o esforço de não comprar para não chegar nesse ponto de ter de doar/ jogar fora/ver vencer. O que eu conservar pretendo usar até a validade e não repor, pois quero reduzir a 1/3 do que tenho (até porque vim morar num lugar pequeno). O problema e minha mãe, eu disse a ela que não comprarei mai nada tão cedo e ela me da 3 batons..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra pra doar com certeza é um desperdício. Concordo contigo. Eu já falei aqui no blog que eu tenho mais facilidade em não comprar do que em doar, porque eu sou muito pão dura. Hehe... Achei seu método ótimo. Com o tempo, você vai ir vendo os resultados. Mães têm as melhores das intenções, mas às vezes elas atrapalham mesmo. Tenta conversar com a sua e explicar. Estou tentando fazer isso com a minha.

      Excluir
  13. Eu preciso reduzir MUITO, mas não sei se conseguiria tanto quanto você. Bom, mas temos que ser positivas, né? Como fui para os EUA no início do ano e comprei muitas coisas, sei que posso passar um bom tempo ainda sem comprar mais nada! O desafio é aprender a controlar o consumismo!

    Estou amando seu blog!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você está gostando do blog, Patty! Fico muito feliz. Seja positiva e vá aos poucos. Eu fui diminuindo com o tempo. Veja que passou um ano da primeira foto e ainda não cheguei onde quero. Enquanto você vai usando as coisas, o fundamental é não comprar mais mesmo. Controlar o consumismo. Hehe.. Beijo!

      Excluir