quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Trocando coisas

Estou descobrindo que trocar é uma maneira excelente de praticar tanto o desapego quanto a economia. Sabe aquelas coisas que você tem porque ganhou ou comprou por impulso, mas não usa? Ou então aquelas roupas das quais já enjoou, ou livros que não vai ler de novo? Então... 

Combinei com as minhas primas da gente se encontrar pra trocar esse tipo de coisa. Levamos roupas, sapatos, livros, DVDs, brincos, colares, cosméticos... Chegando lá, tentamos pensar em regras, mas ia demorar tanto que preferimos jogar tudo pela sala e cada uma ia pegando o que quisesse. 

Funcionou muito bem. Renovei meu guarda-roupa e agora tenho livros novos para ler.

Eu no meio das minhas primas, com algumas das coisas
para troca (tinha mais no chão).
O bom de trocar para quem já atingiu um nível reduzido de objetos (não que eu tenha chegado lá em todos os aspectos) é que a gente pode abrir mão de coisas sem ter que comprar outras no lugar.

Eu andei testando outra modalidade de troca: pela internet. Depois eu conto como foi.

22 comentários:

  1. Eu troco livros pela internet. Não foi fácil me desapegar deles, mas hoje tenho uma pilha grandes de livros para troca (e já troquei uns 30 ou mais, nunca contei). É super econômico pra renovar a estante. Guardo muitos livros ainda, mas tenho os que "giram".
    Queria trocar outras coisas também, mas não sei direito como. Não conheço ninguém adepto das trocas e pela internet só conheço os sites de trocas de livros mesmo. Vou adorar mais dicas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trocar livros pela internet é legal mesmo. Mas eu quero ter cada vez menos livros físicos. Tenho preferido os digitais.
      Eu estou participando de uns grupos de troca na internet, mas conto isso melhor em outro post. Hehe...

      Excluir
  2. que legal!! Queria ter um monte de prima assim para fazer troquinhas tbm! Parabens pela excelente ideia e pelo blog.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal mesmo, Lu. Obrigadinha :)
      Beijo!

      Excluir
  3. a Marina do Um Ano Sem Compras que não consegue logar porque está no trabalho!1 de agosto de 2013 10:51

    Fernanda, eu também adoro a ideia de trocar! Tenho uma amiga próxima que sempre me oferece todas as coisas que destralha e a quem eu ofereço as coisas que eu destralho. Não é exatamente uma troca, está mais para doação, mas a gente faz isso de vez em quando. Eu queria ter um grupo de pessoas que topasse trocar com mais frequência, viu? às vezes leio os posts do pessoal minimalista e vejo coisas que as pessoas destralharam que me interessariam muitíssimo e que eu poderia trocar por outras que tenho aqui e que estão praticamente novas. Bem, me coloco à sua disposição e a de qualquer leitor que queira trocar coisas pelos Correios ou pessoalmente (pessoalmente só dá em Curitiba). Eu tenho para trocar: sabonetes em barra fechados de marcas boas, hidratantes novos (milhares de cheiros, tipos, marcas e modelos), livros que eu já li mas que estão como novos e outros que estão mais usados, mudas de plantas, algumas peças de roupa, algumas bijouterias e mais umas coisinhas. Aceito em troca: livros, shampoo, sabonete líquido, mudas, calçados 35/36, roupas, cachecóis e lenços, potes plásticos (preciso de alguns), vasos de plantas, coisas para cachorros e qualquer outra coisa que me possa ser útil. Se vocÊ ou alguém quiser, é só entrar em contato pelo e-mail umanosemcompras@yahoo.com.br

    Desculpe usar seu blog como os Classificados! Acho que vou fazer uma seção no meu blog com as coisas que tenho para trocar, o que acha? Poderíamos todxs nós blogueirxs minimalistas ter uma seção assim nos blogs ou fazer um blog coletivo onde pudéssemos postar fotos das coisas que queremos trocar. Algumas pessoas fizeram blogs para vender as coisas que não querem mais e nós podemos muito bem fazer um de trocas, né?

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia, Marina (fiquei rindo aqui com seu login). A gente só tem que pensar em maneiras de não gastar demais com correio, que foi o principal problema que eu tive até agora com as trocas online. Depois eu conto isso direito. Vamos pensar em algo?
      Beijo!

      Excluir
    2. Eba, eu quero, eu quero!!! :) por que a gente não cria um grupo no facebook?

      Excluir
    3. Ei, Emilia!
      Podemos pensar nisso ;)

      Excluir
  4. Que barato, Fê! (Em todos os sentidos.)Se eu estivesse em BH, com certeza ia me candidatar a participar.
    Eu vivo trocando roupa com a minha irmã mais nova. E volta e meia rolam umas doações recíprocas...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Lud. Seria tão legal se você participasse... Eu também vivo dando/ganhando coisas para/da Ju. É super prático mesmo. Na verdade, durante muito tempo, as coisas meio que eram de nós duas. A gente até tinha o mesmo armário.
      Beijo!

      Excluir
  5. Oi Fernanda,

    Aqui no meu trabalho estão fazendo um programa bem interessante para livros. Se chama pega e desapega. Tem uma estante no andar térreo na frente dos elevadores com os livros que as pessoas não querem mais e qualquer um pode pegar para ler e depois devolver. Não tem nenhum controle, eu trouxe alguns livros para deixar lá e já peguei alguns para ler. E sempre tem coisa bem interessante disponível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuuito legal, Daniela! E não ter controle é ainda mais legal. Ensina as pessoas a terem responsabilidade e a conviverem. Excelente ideia! Eu iria adoras um programa assim.

      Excluir
  6. Já fiz um encontrinho desse com um grupo de amigas e foi tudo de bom! Tudo que "sobrou" sem dona eu fiquei responsável em doar para o Exército da Salvação. E ainda serviu de desculpas para uma tarde maravilhosa ao lado de amigas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo, não é? No nosso caso, uma parte do que sobrou foi levada de volta pela dona e outra ficou pra uma prima minha doar. É sempre uma boa ajudar, né? A gente também teve uma noite maravilhosa. Minha prima está grávida e a gente aproveitou pra ver o quartinho do bebê, além de comer (cada uma levou um pesticos) e conversar bastante. Adorei :)

      Excluir
  7. Eu amo trocar coisas, troco de tudo: livros, cosméticos, roupas...tem vários grupos no face e flickr de trocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu participo de um grupo no facebook, mas não estou curtindo muito não. Depois vou explicar por quê. Pode ser que tenham outros melhores...

      Excluir
    2. Tb participo de alguns assim, vou me desapegar destes rsrsrsr
      Eu troco mt em grupos de cosméticos.
      Outra coisa que faço é "fracionar" produtos, eu compro em promoção produtos profissionais e divido com pessoas de um grupo.

      Excluir
    3. Isso de fracionar é uma boa, hein? Não tinha pensado nisso...

      Excluir
  8. Oi Fernanda, gostei muito da ideia. Super legal e deve ter sido bem divertido! Eu costumo trocar algumas coisas com uma amiga, já trocamos sapatos (confesso que não funcionou muito bem, porque nem sempre o sapato que fica legal no meu pé embora seja o mesmo número, vai ficar legal no pé de outra pessoa), roupas, bijuterias e cosméticos. Nunca troquei pela internet, e gostaria de experimentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi legal mesmo, Andreia. A gente combinou de cada uma levar um tira-gosto e ficamos um tempão conversando, além das trocas. O bom de fazer isso pessoalmente é justamente poder ver o caimento direito. Experimentar, dar uma volta... Vou escrever um post contando sobre as trocas pela internet ;)

      Excluir
  9. Fernanda,
    Adorei a ideia!
    Vou reunir as amigas para também fazer uma tarde de trocas!
    Mas, eu estou mais para doar... guarda-roupa enxuto! Eba!!!!
    bjs :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse encontro com as minhas primas, a gente levou também algumas coisas para doar. Além disso, tudo que não foi trocado, uma prima minha que faz parte de um grupo de caridade levou para doar. É uma ótima ideia também. Beijo!

      Excluir