quarta-feira, 6 de abril de 2016

Devolvendo livros dos outros

Uma das minhas metas para este ano é trazer tudo da casa da minha mãe que é meu para a minha casa. Muitas coisas já vieram. Nesta tarefa, descobri que tem alguns livros comigo que são de outras pessoas.

Se tem uma coisa que eu entendo menos do que acumular coisas, é não emprestar livro. Fora os de consulta, livros são feitos para serem lidos, não para decorar estantes. Então sempre emprestei os meus, e também sempre peguei alguns emprestados.

Nisso, muitos que eu emprestei ficaram pra sempre com os outros. E alguns dos outros ficaram comigo. Pessoas que se mudaram, ou que perdi o contato. Achei livros que eu nem lembrava que não tinha devolvido.

Já que hoje as redes sociais permitem que a gente tenha contato com quase qualquer pessoa, resolvi procurar os donos dos livros e devolver. Já devolvi 3 livros, e tenho essa pilha aí pendente. Vou ter que mandar alguns para outras cidades, mas não é problema pois os correios têm desconto para enviar livros.

Estou adorando. É uma chance de reconectar com amigos antigos e de esvaziar as estantes.

Desapego de livros
Livros que vou devolver, Nem são tantos assim...

4 comentários:

  1. Tenho poucos e bons amigos, mas o tempo acabou me afastando de alguns. Estes tempos de reflexão me fizeram tomar atitudes para passar tempo com estas pessoas novamente. Que esses livros devolvidos te tragam experiências maravilhosas! Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom, não é? Já estão me trazendo :)
      Beijo!

      Excluir
  2. Imagina que eu empresto algum livro meu para alguém kkkk sou muito ciumenta com as minhas coisas. Se você gostar de algum livro meu, sou capaz de comprar um igual e te dar... mas não empresto não kkkk
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://nanaeosamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir