terça-feira, 15 de julho de 2014

Um elogio à rotina

Todo mundo odeia rotina, faz tudo para sair da rotina e sonha em não ter rotina. Ela é vista como algo chato e sem graça. Eu não sei se é uma questão de personalidade mesmo ou de escolhas, mas o fato é que eu não entendo esse raciocínio e todo esse apelo de sair da rotina.

Primeiro que a falta de hábitos prejudica muito a saúde da gente. Alimentação e horas de sono regulares fazem maravilhas pelo nosso corpo e bem-estar físico. Odeio sentir sono e fome. Adoro dormir e comer na hora que meu corpo pede, já que ele está acostumado àquilo. Odeio chegar em casa de madrugada, acordar meio grogue no outro dia e precisar dormir à tarde. Não é a mesma coisa. Até que eu faço isso às vezes, mas eu evito o quanto posso.

Depois que eu gosto daquilo que compõe minha rotina. Eu gosto de acordar na minha casa, tomar café e ir trabalhar. Eu gosto do meu trabalho, apesar de ser contra a jornada de 44 horas semanais. Acho exaustivo. Tá aí uma coisa que eu mudaria na minha rotina. Mas eu gosto do meu trabalho, dos meu colegas, de sair de casa. Eu gosto dos lugares em que eu almoço. Gosto de voltar para casa, ir pro tênis ou pra capoeira. Adoro dormir na minha cama e acordar nela.

Isso me faz pensar se o problemas das pessoas não é com a rotina em si, mas elas não gostarem do que elas fazem no seu dia-a-dia. Se for o segundo caso, aí é questão de repensar a vida mesmo. 

Claro que nem tudo a gente pode mudar. Ou até pode, mas não achamos a melhor opção. No entanto, coisas chatas aqui e ali fazem parte da vida, mesmo sem rotina, e se elas estão incomodando a ponto de trazer insatisfação constante, é preciso refletir seriamente.

Claro também que fazer algo diferente de vez em quando é bom. Mas para mim a graça está justamente em ser algo mais raro. A copa do mundo de futebol, por exemplo, foi muito legal. Adorei as festas, os dias de jogos, o clima na cidade, mas na última semana eu já estava doida para voltar para a minha rotina, que eu tanto gosto.

20 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Fernanda, sou do seu time! Gosto muito de rotina! Adoro saber direitinho como vai ser o meu dia. Acho que para ter uma boa saúde é preciso ter uma rotina de alimentação saudável e exercícios, não tem como fugir disso. Eu não acho que seja chato ter uma rotina diária. Acho que pode ser que eu tenha que fazer alguma coisa que não goste tanto, mas tem outra coisa que gosto muito, assim as coisas vão se compensando. Sabe acho que tem muito haver também com o jeito como a pessoa olha para a própria vida. Eu acho melhor ver os pontos positivos, não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu penso também. Além disso, coisa chata tem na vida com ou sem rotina, não é?

      Excluir
  3. Sou pobre, mas também muito apaixonada pelos meus dias ;-) Por mais que hajam controvérsias, é maravilhoso fazer aquilo que a gente gosta.

    ResponderExcluir
  4. É claro que gosto de viajar (o que nos tira completamente da rotina) e fazer algo diferente de vez em quando, mas, como vocês, simplesmente ADORO a rotina no dia a dia...! Será que é algo em comum das pessoas interessadas no minimalismo? : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta, Evelize. Eu tenho pensado cada vez mais que, ao fazer uma reflexão sobre o que é mais importante para a nossa vida, a gente começa a fazer escolhas melhores, consequentemente tendo uma vida que a gente gosta mais. Pode ser, não é?

      Excluir
    2. outra coisa que penso que pode contribuir e estar ligada ao minimalismo é que, por buscarmos mais simplicidade, passamos a valorizar pequenas coisas e sentir prazer com elas... talvez as pessoas que sintam tanta necessidade de sair da rotina (pelo menos parte delas) sejam pessoas que tenham mais dificuldade de se "satisfazer", de encontrar fontes de prazer e satisfação... não sei, é uma ideia que passa pela minha cabeça às vezes...

      Excluir
  5. Eu gosto da rotina, de ter segurança do que vai acontecer no meu dia. Mas também gostaria de ter uma carga horária de trabalho que não fosse 40h semanais. É desgastante e improdutivo. Uma pena que na minha área é difícil ter contratos com menos horas (com um bom salário, claro).
    Sair da rotina é bom, mas bem de vez em quando (principalmente com filhos pequenos, vira uma zona!).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho, Dani. Eu nem ligaria de ganhar menos para trabalhar menos, mas isso na minha área nem existe. Se você quer trabalhar menos, o povo já acha que é preguiça. chato, não?

      Excluir
  6. Que chato!

    O grau é não saber o que se espera...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa.. Não entendi direito o seu comentário.
      Mas se você acha chato é ter rotina, se joga. Você não precisa gostar das mesmas coisas que eu, nem o contrário, e isso é lindo.

      Excluir
  7. Adorei este post! Também gosto da rotina, dos pequenos rituais do dia-a-dia... Penso que a felicidade está nisso: na manteiga que derrete na torrada quentinha, na poltrona que aconchega, nas pessoas que nos sorriem, na árvore da rua que agora está coberta de flores.
    Claro que gosto de festas, mas não iria a festas todo dia. Amo viajar, mas se bater 3 semanas fico ansiosa pra voltar pra casa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 3 semanas também é mais ou menos o meu limite. E também adoro esses pequenos rituais, principalmente porque no geral eles são frutos de escolhas feitas ao longo da vida por mim, então refletem bem o que eu mais gosto nesse mundo :)

      Excluir
  8. A minha vida é engraçada, pq apesar de a gente ter uma série de compromissos que marcam uma rotina forte (horários que se repetem todos os dias, encontros que se repetem todas as semanas...), acontecem tantos imprevistos e coisas novas a resolver todos os dias que nem dá pra sentir a rotina. Cada dia é novo, diferente do outro. É de certa forma divertido, todo dia tem uma novidade... Por outro lado, é cansativo, porque é praticamente impossível se planejar. Eu muitas vezes sinto falta de uma rotina mais tranquila, mais "rotina" mesmo.

    Concordo com vc que as pessoas que não gostam de rotina são aquelas que não gostam do que fazem. Mais do que isso: não são ainda capazes de encontrar encanto naquilo que fazem... Mesmo as tarefas mais simples têm sua dose de encanto. O mundo gira por causa das tarefas simples, não das grandes coisas. Só precisa ter olhos pra enxergar a beleza disso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisas novas a resolver todo dia acontece comigo também. Por isso que acho tão importante ter disciplina para mesmo assim conseguir fazer o que se acha importante, sem ficar sendo levada pelos imprevistos constantemente. Já escrevi sobre isso aqui. É um esforço grande, que nem sempre dá certo, mas acho super importante.

      Excluir
  9. Eu também adoro rotina!!! Sou da opinião de que se vc controla 80% do seu tempo, os outros 20% serão melhor aproveitados. Chegar no fim de semana com a casa em ordem, supermercado feito, roupas lavadas...enfim, poder escolher sair da rotina sabendo que tudo o que deve ser feito está feito! Sensação deliciosa de dever cumprido. Minha busca pela simplicidade na vida tem me dado cada vez mais tempo e disposição para curtir as pequenas coisas calmamente.
    Linda reflexão a sua.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Patricia!
      Isso que você falou faz muita diferença mesmo. Também acho que a gente aproveita bem mais a saída da rotina se temos tranquilidade de que o resto está sob controle.
      Beijo!

      Excluir
  10. Também sou fã da rotina! Quando saio dela por muito tempo, fico literalmente doente. Claro que viagem de férias são outros quinhentos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso corpo sente, não é? Mesmo nas férias é bom ter um pouco de cuidado para não bagunçar demais, ou doenças acontecem também. Coisa mais comum que tem é pessoal sair de férias e ter infecção alimentar, dor de garganta e outros problemas do tipo...

      Excluir