sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Esses meus cabelos brancos

No fim de semana, o Leo contou oito lindos fios brancos na minha cabecinha. Daqui a pouco posso tirar do armário um xampu para cabelos brancos. Ele é roxo (imagino que seja para combater algum tom amarelado que queira se insinuar).

Estou alegre com a perspectiva. Já paguei muitos dinheiros no salão para enfiarem uma touca com buracos na minha cabeça e tirarem lá de dentro, com uma agulha de crochê, mechas que seriam clareadas. Agora a natureza está me dando, de graça e sem esforços, belos fios platinados. Como não ficar feliz?

Sim, isso quer dizer que não tenho a menor intenção de pintar os cabelos. Isso é muito minimalista: não gasto tinta, dinheiro e tempo, não me preocupo com raízes, não tenho de estabelecer um calendário de visitas ao salão de beleza (ou à farmácia) antes de viagens ou eventos.

E aqui tem um monte de cabelos brancos e grisalhos legais.

Ídola.

10 comentários:

  1. vc é corajosa,porque as pessoas criticam muito as mulheres que possuem cabelos brancos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, anônimo. "Corajosa" é um elogio do mais alto grau.
      Eu sei que as pessoas criticam. No Brasil, ser (ou parecer) jovem é considerado muito importante. Mas eu tô pagando pra ver. Ou não pagando, já que não vou gastar grana com tinta, né.

      Excluir
  2. ai que lindos! essas fotos da gaga, entao! eu ja' tenho bem mais do que 8 fios brancos e mal posso esperar para ter uma cabeleira enorme e cacheada e branca. yey! :)

    ResponderExcluir
  3. Eu já tenho mais de 8 também. Uns 15. E também vou deixá-los virem lindos.

    ResponderExcluir
  4. Vai ser um luxo! (2)

    Acho que vamos criar um movimento.

    ResponderExcluir
  5. Ah não! Ai pegou num ponto q é um grande fonte de sofrimento pra mim.
    Tenho cabelo branco desde os 20. Hj as 34 tenho q pintar o cabelo a cada 20 dias, imagina isso.
    E os meus fios brancos não são essas coisinhas escassas e localizadas como luzes. são feios, ásperos e o pior, mal distribuidos. Do tipo de mechas grossas q cobrem toda a frente e lateral do meu cabelo. Sério, me sinto um yorkshire da 3ª idade.
    Podem me julgar, eu sei. Mas aos 34 anos ter a mesma quantidade de brancos da minha vó de 65 me faz um mal danado pra auto-estima. Pq a questão não é querer ser mais nova do q eu sou e sim parecer bem mais velha por causa desses malditos brancos.
    Odeio, odeio. E assumo q estou contando os dias pra poder chegar aquela pílula q vc toma e resgata a cor original do fio. Chega logo 2013 =(

    ResponderExcluir
  6. Fer, ninguém vai te julgar, menina! A gente entende as pressões sociais. E eu acho que temos que escolher nossas batalhas - não dá pra brigar por tudo o tempo todo.
    Mas se um dia você perder a paciência e decidir parar de pintar, tamo aqui pra segurar a sua mão ;-).

    ResponderExcluir
  7. A verdadeira liberdade é escolher o que se quer. Eu tenho os cabelos vermelhos que quero ter. Mas no meu tempo. Tem raiz nascendo? Tem cabelo branco aparecendo? Whatever. Serão pintados se e quando eu quiser.

    E um dia eu terei cabelos bem branquinhos. mas hoje a vibe é ter o mais vermelho que posso. E vcs acham que escapo da ronda? Nada disso. Frase que mais escuto: "queria ter coragem para pintar o cabelo dessa cor". Ué, precisa ter coragem para isso? Minha sogra não pinta dessa cor pq o filho achou espalhafatoso.Hã?

    Enfim, pintando ou não, vc está na prisão ideológica. Seja livre e escolha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, é incrível como as pessoas se acham no direito de dar palpite na aparência das mulheres (em relação aos homens, vejo uma patrulha bem menor).
      É isso mesmo, vamos ser livres e escolher!


      Excluir