sexta-feira, 1 de novembro de 2013

O minimalismo e o ambientalismo

Quando adotamos um estilo de vida minimalista, passamos a refletir sobre o que é realmente importante para nós. Consumir de maneira mais consciente e desperdiçar menos se torna um reflexo disso. Assim, estamos caminhando para gastar menos recursos naturais e diminuir a geração de lixo, que são duas das preocupações ambientalistas.

Acredito ainda que o minimalismo nos dá a consciência de que muitos recursos não são infinitos, e que portanto é importante nos preocupar em gastá-los melhor. Isso fica mais evidente para recursos como dinheiro, tempo e espaço mas vale sim para os recursos naturais como a água potável, as plantas, o solo e os animais.

A preservação de recursos garante a tão falada sustentabilidade, que nada mais é do que gerar as condições para que algo não se esgote. Claro que uma pessoa sozinha não consegue fazer com que o mundo seja sustentável e nem que todos façam a sua parte. Então o que nos resta é fazer a nossa, e esperar que isso ajude um pouquinho e que talvez inspire outros.

Acho que sair do convencional abre nossa percepção para questionar o mundo ao nosso redor. Eu comecei pelo minimalismo, por mais que sempre tivesse uma noção meio teórica da importância da preservação do meio ambiente, mas cada vez mais isso está virando prática na minha vida.

6 comentários:

  1. Não sei porque mas sinto que o minimalismo acaba tendo uma relação grande com o meio ambiente. Como você disse, quando passamos a nos preocupar com as coisas que realmente importa, temos noção da importância da natureza para o nosso bem estar e nosso desenvolvimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sinto isso, Bruna. E foi esse o motivo que me fez escrever este post: tentar entender essa relação.
      :)

      Excluir
  2. Olá!

    Eu também percebi essa relação entre eles. Sempre me preocupei bastante com o meio ambiente, mas confesso que agora estou muito mais consciente! É bom saber que mais pessoas pensam como nós... =)

    Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim! Também fico feliz por ver isso.
      Abração!

      Excluir
  3. Fernanda

    Acho que fiz o caminho inverso, minha preocupação com sustentabilidade e preocupação com o meio ambiente me fez conhecer o minimalismo e o consumo consciente, porque é algo que depende da gente e acredito que mesmo que seja mínimo e não vai fazer grande diferença para o mundo, eu acredito no poder de cada uma fazer sua parte. Gosto muito do seu blog, os textos são de muita qualidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Claudia. Eu também acredito nesse poder de cada um fazer a sua parte :)

      Excluir