sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Black Friday: corram (na direção contrária)

Como disse minha colega de trabalho, hoje é o dia internacional do spam. Explico... De uns anos para cá, o Brasil resolveu importar a tradição dos Estados Unidos de realizar uma grande promoção na sexta-feira logo depois do dia de ação de graças, o feriado mais importante deles lá. 

A Black Friday funciona para eles como uma grande queima de estoque, para as lojas poderem se renovar para o natal. Neste dia, todas as lojas vendem vários produtos (principalmente aqueles mais encalhados) bem mais baratos. Os preços são baixos mesmo e lembro que, no ano que passei lá, todas as lojas ficavam lotadas.

Já aqui no Brasil, algumas lojas resolveram aproveitar a ideia, mas fazendo aquelas promoções típicas da internet. Funciona assim: eles escolhem um produto ou outro, aumentam o preço dito real dele, colocam um risco por cima e dizem que está por promoção por um preço mais barato. E danam a disparar e-mail com as tais promoções imperdíveis (daí o dia internacional do spam). Em raros casos, há promoções mesmo. Raros casos. Já vi até a brincadeira na internet de que a Black Friday é o dia em que você vai poder comprar tudo por metade do dobro do preço. 

De qualquer jeito, sendo real ou não, eu busco fugir de promoções. Eu nem olho. Porque é um prato cheio pra gente se convencer de que precisa de algo que nem precisa e comprar. A gente se engana achando que está economizando porque o produto está mais barato, mas na verdade é justamente o contrário. Estamos gastando dinheiro à toa.

Eu faço o seguinte: se estou precisando comprar alguma coisa, começo a olhar os preços daquele coisa com antecedência na internet e nas lojas do meu caminho. Quando tem as tais promoções para o produto que eu preciso, eu já vou saber julgar se o desconto é real ou não, e poder tomar minha decisão com embasamento. Para os outros produtos, nem olho. Curto o minimalismo, mas não sou de ferro. Melhor não dar chance para a tentação.

24 comentários:

  1. Por isso que aqui no Brasil ela ficou conhecida como Black fraude. Eu também tô fora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe... O pessoal é criativo. Black fraude é um nome legal :)

      Excluir
  2. Aqui, em Portugal, algumas lojas também fazem. Mas projecto de minimalista que sou, fujo na direcção contrária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí também? Ai ai... Que coisa chata, não é? Fujamos!

      Excluir
  3. Acho que tem que saber avaliar. Tipo: eu vi algumas lojas que aumentaram o preço do produto e fingiram dar um desconto. Mas também vi descontos reais.
    Eu comprei um perfume p/ mim e o marido, pq pesquisei 15 dias antes, e fiquei esperando o preço baixar, e realmente baixou.
    Também queria um livro (raramente compro, só qdo gosto MUITO). E fiquei namorando ele por vários meses, até conseguir comprar com desconto na black friday.
    Acho que se programar para comprar é melhor, porque você realmente compra só o que precisa e com descontos reais.
    E também deleto tudo quanto é propaganda de promoção, para não cair em tentação. hahah

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Dani. Também procuro fazer isso. Pesquisar e depois comparar. Existem promoções reais. Lembro que, na época que eu ainda comprava livros, a Submarino vivia fazendo promoções ótimas. Comprei vários livros assim. Mas, infelizmente, é minoria.
      Deletar propaganda é uma ótima! Hehe...
      Beijo!

      Excluir
  4. Eu tenho me programado para comprar as coisas agora, quer seja algo que estou precisando ou algo de que goste e queira comprar. Sobre a black friday, acho que é bom pesquisar antes os preços das coisas para saber se nesta sexta há desconto mesmo. Sobre emails de produtos, eu deleto todos.
    beijos

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Copiei a imagem para colocar no meu blog também =]

    ResponderExcluir
  6. Cantando aqui a música do Gilberto Gil: "vamos fugir, pra outro lugar, baby..." rsrs

    ResponderExcluir
  7. Comprei um Kindle, o mais simples ;)
    E achei que valeu a pena!

    Lilly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lilly! Eu vi que ele estava 199, certo? Mais barato que o normal mesmo. Boa compra ;)

      Excluir
  8. No ano passado eu comprei a coleção das Brumas de Avalon por um preço ridículo de tão barato. Menos do preço de cada livro. Eu sempre olhava o preço da coleção, sempre pensava em comprar mas axhava caro demais. Estava há mais de um ano olhando preços, por isso valeu a pena e foium ótimo presente de Natal, economizei bastante. Problema é que foi uma exceção, né? Muita gente se deu mal ano passado. Esse ano vou comprar os presentes para as crianças carentes e depois conto como estavam os preços. Vou hoje por pura coincidencia, não por ser black friday.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também comprei essa coleção baratinha no Submarino, um tempão atrás, mas nem foi na black friday. Como falei em um dos comentários acima, quando eu comprava livros em papel, sempre comprava nas promoções deles, que são realmente muito boas, mas têm o ano inteiro. De qualquer jeito, há promoções boas sim. É só saber procurar e não se deixar enganar pela tentação. Hehe...

      Excluir
  9. Eu tbm pesquisei antes e valeu a pena! Já fiz minha compra de hj! Mas algumas coisas que eu precisava (ou me convenci de que precisava) não tiveram descontos bacanas. Acredito q justamente pq não eram itens de queima de estoque, são coisas que vão continuar exatamente com o mesmo nível de venda no ano que vem. Então... Chega de pensar nelas. Vou aprender a viver sem e pronto. Até pq... Fico no Brasil só até o começo de fevereiro. A princípio, vou ficar 3 meses fora. Lá, numa vida diferente, eu vou aprender quais vão ser as minhas reais necessidades e prioridades daqui pra frente. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Thais. Vai ser uma experiência tão legal! Não deixa de me contar, viu? Quer dizer... Se você tiver tempo, meios e vontade para isso. Hehe... Beijo!

      Excluir
  10. Oi Fê!
    pois é, eu vi demais dessas promoções enganosas por aí...nossa, o povo fica num frisson de comprar q nem percebe o quanto tá pagando!
    Já tem uns meses que eu quero comprar uma máquina de lavar...fico de olho no preço dela todo dia. Aí chegou hj e o preço dela não baixou nem um centavo ^^" aí não né? rsrsrs
    O momento de promoção q eu acho q realmente vale a pena (pra comprar algo q eu precise, não pra comprar qqr coisa...) é em janeiro, quando todo mundo já gastou dinheiro com natal e ano novo e as lojas fazem promoções do fim de estoque. Essa é a época q tradicionalmente se encontram descontos aqui no Brasil, mas o povo engole qqr invenção da mídia né...aí dá na Black fraude mesmo ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha... Verdade! Janeiro é tudo barato porque o povo já gastou muito no natal e nas viagens de férias. Sem contar que muita gente está viajando. Melhor época para promoções reais mesmo :)

      Excluir
  11. Pra mim esse dia nem existe kkkkkkk não quero comprar oq não preciso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe... Nem eu, gisele. E já que não estou precisando de nada no momento, fico longe.

      Excluir
  12. Eu nem procuro ver esses sites com estas "promoções" pq acho isso um roubo e enganação =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na maioria dos casos, é sim. Um ou outro caso se salvam, infelizmente.

      Excluir