quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Casamento: um desafio minimalista

Nesse fim de semana, tive um casamento para ir. Mais do que isso: eu era madrinha e a noiva é minha prima e grande amiga.

O presente foi tranquilo de escolher. Ela deu opções e eu escolhi o que podia ser mais útil. O desafio começou na hora de me arrumar.

As exigências sociais para mulheres são muitas. Era mais do que esperado que eu passasse o dia no salão fazendo penteado, maquiagem e unhas. Eu perderia a tarde inteira e mais um tanto de dinheiro que não estou podendo gastar.

Fiquei pensando em como essa exigência é injusta, e como a graça do casamento é encontrar as pessoas, se divertir, presenciar o ritual. E nada disso depende do salão.

Eu no casamento,
de cabelos naturais
e com meu copo
d'água.
Tem uma outra questão também. Há cerca de um ano, resolvi assumir meus cabelos anelados. Não foi fácil. Quem tem cabelo enrolado sabe a pressão que é para mantê-lo liso de qualquer jeito, mesmo que seja usando formol, que faz mal pra saúde. Eu sofri muito e me sujeitei muito por bastante tempo, mas venci isso e hoje uso meus anelados feliz e orgulhosa. Não queria então, justamente numa data importante quanto um casamento, estar de cabelo liso.

Abri mão do salão. De tarde, fiquei em casa assistindo Arquivo X e dei uma cochilada, para estar pronta e animada pra festança.

Quando cheguei lá, desafio 2. Como não exagerar? Aquele tanto de comidas e bebidas. E eu gosto de uma bebidinha, viu? Mas aí fiquei pensando na ressaca do dia seguinte e nas coisas que eu não ia lembrar se eu me entregasse ao wiskie. Então eu bebi, mas pouco, e sempre bebendo água nos intervalos. Não abusei dos salgados e doces também, para não me dar sono antes da hora. Mas fui comendo um pouquinho de tempos em tempos pra manter o pique e o estômago intactos.

Resultado: me diverti muito, me emocionei, dancei, tirei fotos, abracei pessoas queridas. Fui bem feliz. Como tinha dormido à tarde, aproveitei tudo inteirona. Como não bebi em excesso, no dia seguinte eu estava pronta pra outra. Ganhei uma tarde e um dia inteiro. E não perdi nada.

13 comentários:

  1. Oi Fernanda! Eu tenho cabelo cacheado também e meu irmão se casou sábado. Eu mesma fiz meu penteado em casa, com o cabelo cacheado mesmo (eu gosto de me arrumar, então aprendi e faço sozinha cabelo, maquiagem e unha. isso não é nada minimalista, mas eu adoro. cada um com o seu minimalismo, né?). Não sei se vc interessa ou gosta de fazer vc mesma, se quiser, eu pesquisei um pouco e tem vários penteados fáceis de fazer, que dão um efeitão - posso te mandar os links. AGora que aprendi to até usando as técnicas, facinhas, no velho e bom rabo de cavalo do dia-a-dia, que faço nos dias que os cachos não tão lá essas coisas. Ah, eu também não comprei vestido novo, e olha, eu fui super super elogiada (eu gosto de ser elogiada ahaahah). E voltei pra casa cedo, quando deu o horário cinderela pros meus pais. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero sim! Eu até procurei alguns penteados na internet, mas achei tudo feio. A verdade é que eu não gosto da maioria dos penteados que vejo por aí. Acho que fica muito papagaiado, sabe? Raramente vejo um que acho bonito. Mas me manda sim! Acho que eu vou gostar de alguns e posso usar na próxima oportunidade.
      Rabo de cavalo eu acho legal de fazer. Quero dicas também!
      Eu ia até te pedir pra mandar no meu e-mail particular, mas pode ser legal você mandar isso aqui nos comentários para inspirar mais pessoas. Hehe...
      Obrigadinha!

      Excluir
  2. Ahh, chegaram antes de mim rs Ia te falar a mesma coisa, mas a diferença é que eu era cabeleireira, e não tenho cabelo cacheado! Mas eu peguei nojo de escova progressiva quando trabalhava com isso, os clientes não estão nem aí pro mal que está fazendo a eles, o que eles querem é ficar "bonitos". Meu cabelo é todo torto, meio ondulado, e bem bagunçado, daí eu aprendi a secar ele eu mesma! No pinterest você encontra muitos penteados facinho de fazer, sabia? Eu também acho super brega algumas coisas por ai, acho que é muito mais elegante uma trança, um coque ou um meio preso!
    É só treinar que você vai arrasar! Esse aqui já me salvou naqueles bad hair days! http://pinterest.com/pin/408068416205777839/

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bonito e simples o do link. Curti! Obrigada!
      Pensando aqui se crio uma conta no pinterest. Medo de entrar em mais uma rede socia. Hehe...
      Beijo!!

      Excluir
    2. Fernanda, o pinterest até é uma rede social, mas é bem melhor do que o Facebook. Não tem interação direta (mensagens, mural, bla bla bla) mas conforme você vai agregando imagens à suas boards pessoas com os mesmos interesses vão se aproximando, então é bem gostoso! E ao contrário das outras redes sociais você tem acesso a tudo de todo mundo, porque tudo veio da internet. Você pode filtrar o que chega até você (como o mural do face) escolhendo entre ver os novos pins das pessoas que você segue ou por temas ou mesmo ver tudo junto e misturado!
      Eu sou apaixonada, só lamento o fato de que está ficando muito conhecido por aqui haha
      Beijão!

      Excluir
    3. Ai... Será que entro? Hehe...

      Excluir
  3. Talvez se eu tivesse cabelos anelados, usaria-os naturais, mas são crespos. Infelizmente não consigo ainda passar por cima desse preconceito. Me sinto horrorosa com os cabelos naturais, não tem definição, tem muito volume...
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hélida, provavelmente você não consegue lidar com seus cabelos crespos porque o mercado não pensa em tratá-lo, e sim em alisá-lo. Você não vai encontrar produtos para deixar seu cabelo bonito, hidratado, dar forma para ele; e sim produtos pra deixá-lo mais liso, que no final das contas vai deixá-lo é sem forma. Da mesma maneira, você não vai encontrar salões e cabeleireiros preparados para tratar dele. Todos vão tentar é te empurrar uma progressiva. É complicado mesmo.
      Tem um livro maravilhoso pra quem não tem cabelos lisos que se chama "Curly Girl". A autora ensina a tratar de todos os tipos de cabelo não liso, que ela separa em 3 categorias, que seriam tipo o ondulado, o enrolado e o crespo. Ela ensina a reconhecer, a tratar, a fazer penteados... Foi lendo esse livro que eu li que é possível sim deixar nossos cabelos bonitos, o mercado é que não quer e não investe nisso. Triste...
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi meninas.

    Nossa como é forte o preconceito!Eu sinto isso todo dia, é muito difícil manter os cabelos cacheados. Que tal vocês que já leram o livro e/ou aprenderam na pratica me dar alguma dica? Por que eu não sei mais o que fazer rsrsrs. Eu gosto dos meus cachos, mas eles têm ficado mais rebeldes com o tempo!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, eu tb faço meus penteados para casamentos: já fui só com chapinha, faço um rabo de cavalo chic (aquele q encobre o lacinho com o cabelo),ou pego o rabo de cavalo e faço coque, cabelo comprido é super minimalista dá pra fazer de tudo rsrsr, sou eu mesma que corto: aprendi no you tube corte em camadas.. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, an!
      Que legal você cortar o próprio cabelo. E em camadas ainda! Sobre penteados, bem lembrado... Eu fazia vários quando era mais nova e ainda não existia escova progressiva. Vou relembrar alguns :)
      Beijo!

      Excluir
  6. Eu gosto de fazer cabelos, unhas e maquiagens: gosto mto mais de fazer nos outros do que em mim mesma. Não que eu seja numa expert, mas qdo preciso vou procurando tutoriais na internet até achar um que me agrade. No Natal passado eu arrumei a família toda e cheguei lá sem maquiagem nem unha pintada, rs...

    Uma vez, o filho de uma amiga da minha mãe se casou, e essa mãe do noivo tava meio dura. Então, me ofereci pra fazer unha, maquiagem e cabelo (facinho, pq ela tinha cabelo curto) nela. De quebra, acabei arrumando ainda a tia e a avó do noivo. Foi uma tarde bem gostosa.

    Essas coisas "de mulherzinha" podem ser bem divertidas qdo a gente não se deixa escravizar por elas. Acho que chamar as amigas pra ajudar a dar um "tchans" numa ocasião especial pode ser econômico e de quebra ainda render um tempo bem gostoso. Quase uma pré-festa!

    Ah... Parabéns pelo cabelo cacheado! É lindo! E mais parabéns ainda por abrir mão da progressiva! Um dia esse veneno tem que acabar!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Thais!

      Eu nunca arrumei ou outra pessoa. Eu até que gosto de me arrumar, mas só se for sem pressa. Se tenho pouco tempo, faço igual você falou que foi uma vez e vou natural. Hehe...

      Se arrumar com as amigas é divertido mesmo. Quando eu era mais nova, tinha um amigo cabeleireiro. Ele adorava experimentar penteados e cortes malucos em mim. E até maquiagens. Era bem legal. Hehe..

      Excluir