quinta-feira, 22 de maio de 2014

Lembranças de viagem

O hábito de trazer lembranças para amigos e família depois de viagens faz parte da nossa cultura. A Lud já falou sobre isso aqui. Eu confesso que sempre foi algo que eu fiz, mas meio sem entender direito. 

Antigamente, quando não existia e-commerce e nem muita circulação de produtos entre diferentes localidade, fazia sentido trazer aqueles chocolates diferentes, enfeites exóticos e outros produtos não tão conhecidos para as pessoas. Hoje em dia, se acha isso tudo em qualquer supermercado (ou, mais fácil ainda, na internet). Então eu acho que a coisa fica meio sem sentido. 

Por outro lado, é legal quando alguém está viajando e lembra de você. É um gesto muito bem-vindo. No entanto, por que a forma de demonstrar lembrança e carinho precisam ser sempre na forma de produtos, como a sociedade de consumo nos faz tentar acreditar? 

Esta semana acordei com uma foto no meu celular de uma amiga que está viajando pela Europa e passou por uma das locações de Game of Thrones e, sabendo que eu adoro o seriado e os livros, tirou uma foto e me mandou, falando que lembrou de mim. Adorei e me senti muito querida. Gostei muito do gesto, e ela não precisou gastar tempo e dinheiro preciosos na sua viagem para comprar um presentinho genérico.

A foto que a Renata me mandou. Linda, não?

PS: Claro que eu sempre acabo trazendo um presente ou outro, quando eu me deparo com algo que me lembra alguma pessoa querida. E claro que adoro quando ganho presentes que vejo terem sido escolhidos para mim. Só acho que há um exagero de consumo ultimamente. 

6 comentários:

  1. Oi, Fernanda!

    Que legal esse presente! Gosto muito de arquivar imagens e registrar fotos que me fazem de lembrar as pessoas também. Você tem toda razão, há um consumo exagerado, embora seja ótimo receber um presente, mas acabamos por esquecer certas delicadezas ou poéticas que existem.
    Um abraço.
    Patrícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei, Patrícia. É isso mesmo. Não sou totalmente contra presentes, mas acho que há um exagero no consumo e uma falta de outros tipos de gestos.
      Abração!

      Excluir
  2. Oi Fe! eu gosto muito de mandar cartao postal. Dá um trabalhinho, porque tem que correr atrás de selos e achar uma caixa dos correios... mas meus pais têm uma coleção gigante já, hehe. Mando pra eles e pra uns amigos que respondem com cartões quando viajam. : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai! Que legal! Eu já recebi alguns poucos e sempre adorei! Boa ideia! Vou adotar :)

      Excluir
  3. Eu já passei pela fase de comprar um monte de lembrancinhas para todo mundo, mas agora compro muito pouco. Quando tem alguém de aniversário perto compro alguma coisa no freeshop, para não ter que carregar. Ou uma camiseta para o meu afilhado, e é só. Eu até gosto de receber presente, principalmente chocolates, mas não fico esperando. Antes eu também perguntava se queriam que eu trouxesse algo, mas sempre perdia um tempão procurando, então também não pergunto mais (e nunca peço nada também).

    A foto foi bem legal, é o tipo de coisa que não deu trabalho nenhum para ela, não custou nada a mais e você se sentiu lembrada.

    beijo, Daniela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Daniela! Penso igual a você ;)
      Beijo

      Excluir